Segurança geral aos portadores de Alzheimer

 

Em todas as pesquisas realizadas por institutos no Brasil, temos como uma das maiores preocupações nos dias atuais a segurança. A segurança física no ambiente domiciliar deverá ser continuadamente perseguida nas 24 horas do dia. Uma pessoa que tem a doença de Alzheimer, lentamente, perderá a capacidade de cuidar de si, de tomar decisões e de avaliar os riscos.

Deve haver planejamento por parte dos familiares ou cuidadores com relação aos perigos, de modo a mitigá-los, visto que os doentes podem não conseguir fazer isso por si próprios. Para controlar as ações com objetivo produzir a segurança do paciente e garantir que os riscos sejam evitados, devem ser realizadas adaptações no ambiente domiciliar, devido ao gradativo grau de evolução da doença. Tudo para propiciar ao doente certa autonomia.

Dentro da própria casa

Não acreditamos que o nosso ambiente domiciliar pode oferecer riscos. O banheiro, a cozinha, o quarto, a sala e mesmo o quintal são locais perigosos para idosos, particularmente aqueles com perdas de memória que não conseguem mais avaliar os perigos. Basta diminuir a atenção e a queda ao chão, da própria altura, porá nosso querido papai, mamãe, vovó e vovô num hospital com uma grande fratura. Pessoas com doença de Alzheimer estão mais propensas a essas situações devido a esquecimentos.

Ambientes internos

Quedas

As quedas podem ser leves com pequenas escoriações na cabeça, cotovelos, punhos, joelhos e pés. Outras vezes podem ocorrer lacerações com cortes que podem sangrar intensamente, e torções e fraturas que poderão necessitar de tratamento cirúrgicos. Mais graves são os traumas na cabeça produzindo concussões e hematomas cerebrais.

Dicas: por isso é importante instalar pisos antiderrapantes em áreas molhadas, barras de segurança, retirar tapetes, colocar proteção com redes nas janelas e deixar caminhos livres de obstáculos. Sapatos baixos são fundamentais.

Intoxicações

O mesmo cuidado deverá haver com as intoxicações. Vazamentos de gás podem produzir desmaios, click here quedas e importantes complicações neurológicas. Fogão e chuveiro a gás deverão ter travamento automatizado.

Ingestão de substâncias tóxicas

Manter longe e guardados com chave os produtos de limpeza tóxicos, bem como medicamentos. Pacientes idosos possuem dificuldade visual e, quando com demência, perdem totalmente a capacidade de interpretação.

Queimaduras

Tão graves quanto as quedas e intoxicações são as queimaduras. As queimaduras podem ser originadas em atividades de culinária, água quente para café bem como preparação de alimentos. É necessário monitorar a temperatura da água da torneira e do chuveiro, bem como o uso de ferro elétrico para passar roupas.

Cortes

Sempre lembrar que instrumentos e objetos cortantes como talheres, tesouras e utensílios de cozinha podem causar acidentes. Mantenha-os guardados em local seguro.

 

Ambientes externos

Para locomoção efetiva e segura é necessária orientação espacial e memória para manter gravado o destino. Num primeiro momento do inicio da doença, deverá ser seguida rigorosamente com o cuidador. Mesmo subir ou descer pequenos degraus, atravessar a rua e andar por calçadas irregulares podem ser um grande risco.

Na fase mais avançada haverá maior grau de dificuldades para ambientá-lo nas ruas, praças, mercados, igrejas, pois a noção de orientação espacial e de objetos será perdida.

 

Assim, para segurança geral de portadores de Alzheimer os cuidados do ambiente interno que produzem quedas, intoxicação, infestação de substâncias tóxicas, queimaduras e cortes, associados ou não ao ambiente externo (caminhar em ruas e avenidas, passear nas praças, ir às compras em feiras e mercados, ambientes com muitas pessoas como igrejas, cinemas e shopping), possuem alto potencial ao risco da integridade de portadores da doença de Alzheimer. Isso requer dos cuidadores ou familiares a máxima atenção, visto que o grau ou capacidade da memória foi reduzido drasticamente.

Amor, carinho e atenção são atitudes indispensáveis para aqueles que um dia tiveram uma vida repleta de atitudes e ações das que hoje carecem.

Saúde

Dr Sergio