Levar os idosos ao médico – Como aproveitar melhor uma consulta médica

Levar o idoso no médico é uma obrigação de todo cuidador – ainda mais se o idoso tem um problema de saúde preexistente. Pelo menos uma vez por ano (ou sempre que for necessário), é preciso levar o idoso para fazer um check-up e realizar os exames necessários.

Mas a consulta médica é também uma oportunidade de aprendizagem para o cuidador. Veja como aproveitar a consulta médica do idoso e tirar dúvidas, conhecer melhor os problemas de saúde para poder ofertar o melhor apoio possível.

Que médico procurar?

A gerontologia e a geriatria são as áreas mais dedicadas à saúde e bem-estar das pessoas na terceira idade. Contudo, obviamente não são os únicos especialistas na saúde do idoso. Se ele tem algum problema existente – como problemas cardíacos ou depressão, por exemplo – os especialistas das áreas específicas devem ser consultados em rotinas periódicas.

Se a situação é de doenças passageiras – como gripe, por exemplo – um clínico geral poderá atender casos comuns e menos graves. Há ainda as consultas de manutenção, como é o caso de oftalmologista para quem usa óculos, dermatologista, para quem faz tratamento de pele constante, e assim por diante.

O primeiro passo é identificar as necessidades do idoso e buscar o profissional mais adequado para a situação. Não tendo certeza, é importante procurar um clínico geral. Pesquise sobre as diferentes especialidades médicas. Quando a pessoa possui plano de saúde, é mais fácil pesquisar estas categorias até mesmo pelo site da empresa prestadora do serviço. Caso não tenha plano, o posto de saúde mais próximo da sua casa pode lhe informar quais as categorias de atendimento pelo SUS – Sistema único de Saúde – no site do programa também possui estas informações.

idosos medico

O que perguntar ao médico do idoso?

Não tenha medo de perguntar o que for ao médico do idoso durante a consulta. Chegue com antecedência e aguarde a sua vez. Se precisar anotar alguma informação, não tenha vergonha disso – o importante é garantir que saiba de tudo o que precisar para cuidar do seu pai ou mãe em casa. Escolha um médico de sua confiança, alguém que se identifique, pois assim se sentirá mais confortável para fazer os seus questionamentos. Veja alguns cuidados e questionamentos para fazer ao médico durante a consulta:

 

  • A média geral do consumo de medicamentos regulares entre os idosos brasileiros é de até 5 comprimidos (ou outros medicamentos) para pessoas acima de 70 anos. Logo, os medicamentos são um ponto importante do cuidado com o idoso. Procure saber o que o medicamento faz click here para tratar o problema, qual a dosagem e os horários certos para dar ao idoso, quais os efeitos colaterais que possam ocorrer, como aplicar, quais as expectativas de melhora ou bem-estar, etc. Pergunte tudo o que puder sobre a medicamentação. Faça um agendamento para não se perder depois nas suas responsabilidades.

 

  • Sobre os medicamentos ainda, pergunte ao médico se não há problemas em tomar medicamentos juntos, se é necessário jejum ou se é preciso algum tipo de suplementação extra. Pergunte se é possível esmagar o medicamento (quando o idoso não puder engolir com facilidade) ou se isso não é possível.

 

  • No caso de diabetes e outros medicamentos ou suplementos necessários e de uso constante, tente conversar com um enfermeiro sobre as melhores técnicas de aplicação, já que é preciso fazer rodízio de lugares neste caso.

 

  • Quando o médico pedir exames externos, lembre-se que há sempre uma consulta de retorno para a análise dos resultados e prescrição do tratamento mais assertivo. Já os exames internos – como medição da pressão, dos batimentos cardíacos, das respostas aos estímulos, etc., estes o cuidador pode acompanhar no local (o idoso deve ter um acompanhante nas consultas sempre). Veja ainda o peso do idoso e outros dados da sua condição física.

 

  • Quando a pessoa idosa é muito debilitada, tem limitações mentais ou físicas, o cuidado com as consultas médicas é ainda mais prioritário. Desta forma, é o cuidador quem deve compreender as coisas e ter o cuidado de apoiar o idoso, que nem sempre irá lembrar do que foi dito.

medico idosos

 

  • Pergunte sobre a alimentação do idoso – se o medicamento interfere, se é possível tomá-lo durante as refeições, qual a melhor dieta para a condição do idoso, etc.

 

  • Sempre questione sobre quando será a próxima consulta e se há um número para ligar quando houver reações ou quando é preciso uma consulta extra neste meio tempo.

 

Conheça o curso Cuidar dos Pais em Casa

Você já conhece o e-book exclusivo do site Cuidar dos pais em casa? É um material gratuito que você poderá baixar hoje mesmo em seu computador e garantir que o seu idoso tenha os melhores cuidados e qualidade de vida. Este material foi escrito e produzido pelo Dr. Sérgio Munhoz.

Para ter acesso ao e-book, clique neste link e faça o seu cadastro. Você receberá no seu e-mail um link para o material gratuito, que com certeza irá ajudá-lo a oferecer o melhor atendimento e apoio ao seu pai ou mãe idoso (ou outro parente idoso) em casa.

 

Veja também: Depressão na terceira idade – O que é? Como tratar?