Tratamentos

15 principais doenças entre idosos no Brasil

A terceira idade é um período em que o indivíduo pode ficar mais susceptível às doenças. Em 2017, o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-, constatou em suas pesquisas que 3 em cada 4 idosos têm alguma doença crônica, ou seja, uma doença de curso arrastado, boa parte delas incuráveis. Nestes casos, cabe ao indivíduo se prevenir desde cedo. Mas quando a pessoa já é idosa e tem idade muito avançada, ou se possui alguma destas doenças, a família deve dar o apoio necessário e garantir que os cuidados sejam oferecidos.

Continuar Lendo ...

12 dicas sobre administração de medicamentos para leigos

Quando temos idosos em casa, é preciso ter a atenção redobrada com medicamentos. Na maioria dos casos, quando o idoso tem que ser medicado continuamente, é o cuidador (filho, filha ou responsável) que tem que garantir a aplicação dos remédios. Mas não só os horários certos e as dosagens que contam na manutenção dos medicamentos – é preciso garantir que o estoque nunca falte, que a conservação seja adequada, que o idoso de fato tome o medicamento, que faça visitas regulares para verificar a dosagem ou o avanço/declínio da doença, etc.

Continuar Lendo ...

Depressão na terceira idade – O que é? Quais os cuidados necessários?

A depressão é uma doença persistente e devastadora, que não tem idade específica – atinge pessoas de todos os tipos, condições sociais e faixas etárias. Contudo, entre idosos, a depressão possui aspectos bem específicos e pontuais, nem sempre identificáveis pela família. Saiba mais como ocorre a depressão na terceira idade, quais são seus gatilhos, quais os tratamentos e terapias e como a família tem um papel essencial na qualidade de vida e cura das pessoas idosas acometidas por depressão.

Continuar Lendo ...
tratamento alzheimer

Doença de Alzheimer – Memória perdida com a doença pode ser recuperada

A ciência evolui a cada dia, encontrando formas de tratar doenças e dar ao seu humano melhores condições de vida. Quanto à Doença de Alzheimer, que só no Brasil atinge 2 milhões de pessoas a cada ano, entre 2015 e 2016 a ciência teve um pequeno mais significante avanço: o resgate da memória perdida com a doença. Mesmo que ainda não haja uma cura definitiva, é possível proporcionar à pessoa mais qualidade de vida e saúde. Veja mais sobre este tratamento revolucionário a seguir! 

Continuar Lendo ...
Página 1 de 11