cuidar de idosos

Vacinação em idosos

 

A vacinação é uma das maiores conquistas da humanidade, sendo o meio mais seguro e eficaz de prevenir doenças infectocontagiosas. As primeiras vacinas foram descobertas há mais de 200 anos. Atualmente, as vacinas são resultado de pesquisas intensivas, constituindo os mais modernos e sofisticados imunobiológicos.

É muito melhor e mais fácil prevenir uma doença do que tratá-la. As vacinas protegem o corpo humano contra os vírus e as bactérias que provocam vários tipos de doenças graves, que podem afetar seriamente a saúde das pessoas levando-as, inclusive, à morte.

A vacinação não apenas protege aqueles que recebem a vacina, mas também ajuda a comunidade como um todo. Quanto maior for o número de pessoas de uma comunidade protegidas, menor é a chance de qualquer uma delas – vacinada ou não – ficar doente.

Além disso, algumas doenças preveníveis por vacinação podem ser erradicadas por completo, não causando mais a referida doença em nenhum local do mundo, como aconteceu com a varíola a partir de 1977.

Neste texto falaremos sobre como o corpo reage às vacinas e a importância da vacinação na população em geral e especialmente nos idosos.

Continuar Lendo ...

Os Desafios de Cuidar de Idosos em Casa


Cuidar de idosos em casa é um grande desafio para milhares de brasileiros.

Hoje, nosso país passa por um processo de envelhecimento populacional e, por conseguinte, um significativo crescimento na quantidade de pessoas com idade acima de 60 anos.

E as dificuldades geradas por estas modificações no espectro populacional acabarão por recair, em maior parte, sobre os filhos, sobrinhos, netos e familiares mais jovens que deverão estar preparados para lidar com os possíveis obstáculos que se apresentam diariamente na vida de quem tem em casa um parente ou amigo idoso que necessita de auxílio e atenção especiais.

Hoje, o número de idosos no Brasil é de quase 15% da população. O que, no universo de 210 milhões de habitantes do país, representa um número aproximado de 30 milhões de pessoas. No entanto, muito pouco se fala e se procura conscientizar acerca das responsabilidades e adversidades geradas pela chegada de uma idade avançada e sobre a forma adequada de contornar os obstáculos e proporcionar a essas mulheres e homens o conforto e apoio que precisam para poderem experienciar com dignidade uma das fases mais desafiadoras da vida.

Quem viveu décadas passadas, especialmente no período pós-guerra, sabe que ter um pai ou avô idoso era uma raridade. Motivo de curiosidade, de especulação, visto que, nas décadas 40-50 a expectativa de vida no Brasil era de apenas 45 anos. Nos últimos 60 anos a qualidade de vida melhorou, e a expectativa de vida quase duplicou. Hoje em alguns estados do Brasil, como Santa Catarina, a expectativa está em 80 anos.

Mas afinal o que é, e como é, cuidar de idosos em casa?

Continuar Lendo ...
cuidar dos pais em casa

Contratar cuidadores vale a pena?

Os cuidadores de idosos são profissionais capacitados em diferentes ações de promoção dos cuidados básicos com idosos. É uma profissão que a cada dia é mais requisitada no Brasil e uma ótima alternativa para aquelas famílias que não têm habilidade deste tipo de atenção ou que não querem entregar seus pais aos cuidados de instituições, como os asilos. Veja como funciona este serviço, quais as suas vantagens e desvantagens e quais os critérios de contratação do cuidador.

Continuar Lendo ...
idosos viagem

15 cuidados com pais idosos em viagens com a família

Viajar com a família é tudo de bom! Mas quando temos pessoas idosas em casa, é importante conferir se tudo está em dia para evitar problemas e garantir a segurança e a saúde do idoso. Listamos 15 cuidados com os pais idosos em viagens com a família, para que a convivência familiar e as atividades em conjunto sejam memoráveis e divertidas. Confira!

Continuar Lendo ...

10 coisas que você precisa saber para cuidar bem de uma pessoa com doença terminal

Não é fácil lidar com a certeza de que a existência do pai ou mãe idosos cuidados em casa e com a saúde debilitada está para se findar. Mas é muito mais difícil, acredite, para aqueles que recebem um diagnóstico de doença terminal e que devem acolher dentro de si a ideia de que irão partir desta vida. Nem sempre a morte é romântica e cheia de reflexões: muitas vezes, há dor, há expectativas sobre quando o momento de fato chegou, há medos estranhos e uma vontade imensa de que a vida ainda não chegou ao fim. Em outros casos, há um sentimento de reconciliação inevitável consigo mesmo, uma paz profunda e difícil de entender. Cabe ao cuidador de um doente terminal ser coerente, promover a todo o momento o bem-estar e estar junto, de modo consciente, durante a partida.

Continuar Lendo ...

15 principais doenças entre idosos no Brasil

A terceira idade é um período em que o indivíduo pode ficar mais susceptível às doenças. Em 2017, o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-, constatou em suas pesquisas que 3 em cada 4 idosos têm alguma doença crônica, ou seja, uma doença de curso arrastado, boa parte delas incuráveis. Nestes casos, cabe ao indivíduo se prevenir desde cedo. Mas quando a pessoa já é idosa e tem idade muito avançada, ou se possui alguma destas doenças, a família deve dar o apoio necessário e garantir que os cuidados sejam oferecidos.

Continuar Lendo ...
Página 1 de 41234